04 de Setembro, 2019

Devota alcança graças para seus familiares por intercessão do Padre Donizetti

Célia Ribeiro aproveitou sua visita ao Santuário para dar seu testemunho de fé, além de visitar uma obra social criada pelo pároco.

Célia Ribeiro, de 63 anos, é manicure e veio de São José do Rio Pardo (SP), onde reside, para a cidade de Tambaú (SP) – cidade a qual visita constantemente – para agradecer a intercessão de Pe. Donizetti em sua vida. A devota esteve no Santuário Nossa Senhora Aparecida, em junho, e deixou seu relato. “Quando eu tinha sete anos, minha mãe, Mariana Cândida de Jesus, estava sentada no fogão a lenha, quando o gato perfurou a veia de sua perna com as unhas causando muito sangramento. Após pedir a intercessão do Padre, molhei o algodão na água e passei na sua perna. O sangramento cessou na mesma hora”.

A devota foi crescendo e, quando chegou aos 15 anos, pediu a sua mãe, que visitava Tambaú na época, para que ela acendesse uma vela para recuperar suas perturbações mentais, como a mesma nomeou. Sua mãe assim o fez e, quando colocou a vela, a mesma se acendeu sozinha e ela recebeu a graça. 

“Faz 12 anos que minha irmã Ilda Balbino Ribeiro, de 75 anos, teve um câncer no intestino. Fiz o pedido ao pároco pela sua recuperação. Ela foi curada e entrou de joelhos desde a entrada do cemitério até o túmulo dele, onde ficou sepultado por muitos anos", testemunhou a rio-pardense.

Célia é devota do Padre Donizetti desde criança, devoção transmitida por sua mãe e que agora transmite à sua filha, Kely Mariana Ribeiro. Há 15 anos, a admiradora da vida e testemunho do padre Donizetti visita a “cidade dos milagres” praticamente todos os meses, passando pelo Lar São Vicente, obra assistencial criada pelo sacerdote. “A alegria deles me deixa muito feliz”, expressou a manicure rio-pardense.

Ao final do seu testemunho de fé, Célia fez seu agradecimento. “Agradeço de coração tudo o que este santo tem feito em minha vida e da minha família. Rezo muito pela sua canonização junto a nossa Igreja, porque ele sempre ajudou as pessoas necessitadas. Tenho muita fé e devoção em sua pessoa. Vou continuar visitando o Santuário, a casa onde viveu e o asilo que ele fundou com tanto amor”.

Por: Amex, com Santuário de Tambaú