15 de Agosto, 2019

Devota mineira relata graças alcançadas por intercessão de Pe. Donizetti

Maria Zélia visitou pela primeira vez Tambaú (SP) e o Santuário Nossa Senhora Aparecida, junto com sua família

A mineira Maria Zélia de Paiva, 77 anos, mora em Elói Mendes (MG) e esteve com sua família pela primeira vez em Tambaú (SP), no início de junho, para agradecer pelas graças alcançadas por intercessão do Padre Donizetti.

A mineira relatou os acontecimentos marcantes que fizeram com que ela estivesse presente no Santuário Nossa Senhora Aparecida de Tambaú, participando da celebração da Santa Missa: "Moramos e trabalhamos na zona rural. Temos muita devoção ao Padre Donizetti. Há 4 anos, caiu uma tora muito grande sobre meu corpo e nada me aconteceu. No ano seguinte, tive dengue hemorrágica com sangramento do nariz, não me alimentava e permaneci na cama durante 15 dias. Pedi a intercessão do pároco e fiquei completamente curada. No mês de maio desse ano, estava fazendo limpeza em cima do guarda-roupa quando caiu o serrote, a faca e outros objetos cortantes. Com a fé que deposito no Padre, mesmo sendo atingida pelos objetos, nada me aconteceu. Em todas as situações, tenho certeza que ele estava olhando por mim. Hoje, estou aqui neste Santuário para agradecer por tudo o que tem feito por mim e pela minha família".

A devota visitou o templo mariano acompanhada do esposo Geraldo Paulo Lopes, da filha Maria Dalva Lopes da Cruz e do genro Donizetti Antônio da Cruz que teve depressão, segundo ela, e também recebeu a cura através da intercessão do Padre Donizetti, do qual tem o nome em sua homenagem.

A família visitou também a Casa/Museu Padre Donizetti antes de retornar à Minas Gerais. Maria expressou seu contentamento em conhecer as coisas que pertenceram ao querido evangelista, uma vez que era seu sonho fazê-lo e reforçou: “Vamos continuar rezando muito, pedindo pela sua canonização junto ao Vaticano, pois ele sempre fez o bem pelas pessoas, como aconteceu comigo em várias ocasiões”.

Por: Amex